Brincando de matar

Por Robson Moraes (Texto fictício e educativo)

Meu filho está de férias. Este ano está diferente! Ele acorda cedo, toma café, e vai para a rua brincar. Deixou o vídeo game de lado, agora brinca com outros amiguinhos, está se interagindo com muitos coleguinhas.

Época boa é esta, geralmente estes amigos conquistados agora duram por uma vida toda.

Ontem ele veio pedindo dinheiro para comprar linha e papel de seda para fazer pipa. Pediu R$ 5,00.
Que mãe ou pai nega R$ 5,00 reais para um filho?

É um bom menino, até descobrir que estava brincando com pipa com cerol.

Ao perceber o que estava acontecendo, orientei, repreendi rapidamente e tomei as linhas.
Todo pai tem que fazer isso!

Não deixem seus filhos brincar de matar!

Campanha Nacional “Cerol Não!”

Um comentário em “Brincando de matar

  • 31 de julho de 2019 em 9:12 PM
    Permalink

    É isso mesmo a realidade hoje é outra, temos uma quantidade maior de pessoas circulando por ruas, vias e estradas, podem ser pedestres, ciclistas, motociclista. Que muitas vezes fazem de sua motocicleta seu veiculo de trabalho. No passado soltei muita pipa até mesmo com cerol, mais sou obrigado a concordar e divulgar a campanha contra o cerol. Não tem mais condições, temos que dar um basta.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *