Origem das Pipas

Origens
Câmara Cascudo alude a Arquitas de Tarento, contemporâneo de Platão (século V a.c.), a invenção da pipa; segundo estudiosos, o empinamento de pipas é praticado no Extremo Oriente desde as primeiras eras;
O Ocidente só efetivou sua prática a partir do século XIV. Os primeiros mercadores portugueses, ingleses e holandeses é que teriam trazido a pipa para a Europa;
Teorias, lendas e suposições tendem a demonstrar que o primeiro vôo de uma pipa ocorreu em tempos e em várias civilizações diferentes, mas a data aproximada gira em torno de 200 anos antes de Cristo. O local: China usada para fins militares;
No Egito hieróglifos antigos já contavam de objetos que voavam controlados por fios. Os fenícios também conheciam seus segredos, assim como os africanos, hindus e polinésios.
Em 1749 o Escocês Alexandre Wilson usou termômetros presos em pipas para medir a temperatura nas alturas.
Em 1752, Benjamim Franklin, utilizando uma pipa de pano demonstrou num dia de chuva que nas alturas existe eletricidade estática. Com isso foi criado o pára-raios.
O inglês Douglas Archibaid em 1883 prendeu um anemômetro (medidor de vento)a linha de uma pipa e mediu a velocidade do vento a 360 metros de altura.
Guglielmo Marconi, em 1901 usou uma pipa para erguer uma antena e fez a primeira transmissão de rádio.
O primeiro avião do mundo, o 14 Bis, criado pelo brasileiro Santos Dumont, era na verdade um conjunto de pipas!
Como vimos a pipa sempre esteve na vida do homem. Portanto se for usá-la para lazer ou diversão use-a com cuidado e critério para não prejudicar os outros.
“Para lazer ou diversão use-a com cuidado e critério para não prejudicar os outros”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *